miércoles, 24 de marzo de 2010

A PROVA DE DNA DO CRÂNIO “do menino das estrelas” DE LLOYD PIE comprova que nao é de origem terrestre


O crânio encontrado em México que segundo o investigador Lloyd Pie era de um híbrido extraterrestre-humano suportou a prova de DNA, identificando sua origem extraterrestre. A prova mitocondrial (proveniente da mãe) demonstrou que era humana não achando diferenças com o de resto de humanos. Mas a prova do núcleo do DNA, realizada este mesmo ano (2010) graças as novas tecnologias que se desenvolveu desde que em 2003 se realizasse a primeira, as bases de 342 pares de alelos não se encontra similaridade com os habituais em seres humanos “No significant similarity found”, se lêe. Isso significa, nem mais nem menos, que a metade do código genético de este crânio não é de origem terrestre. Mais abaixo, um vídeo(2009) de Lloyd Pie (antes dessa prova do DNA) em que se mostra a caveira. Essa noticia nao sai nos meios de comunicaçao como a televisao.

No hay comentarios:

Publicar un comentario